PSB: Ex-governador da PB, Ricardo Coutinho, deixa presidência estadual do PSB.



O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, deixou a presidência estadual do Partido Socialista Brasileiro (PBS). O anúncio foi feito pelas redes sociais do grupo político e do socialista nesta quarta-feira (8). A mudança ocorre 20 dias após Ricardo ter sido preso na Operação Calvário.

Governador e ex-governador da Paraíba são alvos da 'Operação Calvário'.
Na mesma nota, o PSB informou que o deputado federal Gervásio Maia (PSB) assume o posto de presidente estadual da sigla a partir do ano de 2020.

Ainda conforme o comunicado, as mudanças foram feitas por causa da "necessidade estatutária de renovação da comissão provisória do partido no estado". Ricardo continuará as atividades partidárias na presidência da Fundação João Mangabeira.

Ex-governador da Paraíba é alvo da 'Operação Calvário'

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), se tornou alvo da 7ª fase da Operação Calvário, realizada pelo Gaeco do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e pela Polícia Federal em dezembro de 2019.

A ação investiga organização criminosa suspeita de desviar de R$134,2 milhões de serviços de saúde e educação.

Ricardo foi preso após desembarcar no Rio Grande do Norte, ao retornar de viagem à Europa. 

Fonte: G1 Paraíba

Postar um comentário

0 Comentários