AVIAÇÃO CIVIL: Faculdade vai criar 1ª graduação em Ciências Aeronáuticas de João Pessoa.

1ª graduação em Ciências Aeronáuticas
Uma parceria da Faculdade Internacional Cidade Viva (FICV) e do Aeroclube da Paraíba (ACPB), por meio do termo de cooperação técnica, foi firmada entre os diretores das duas entidades para criar a primeira graduação de João Pessoa em Ciências Aeronáuticas.

O novo curso tem como objetivo a formação de profissionais na Paraíba e atender às demandas do Nordeste por profissionais qualificados no setor da Aviação Civil.
Esse mercado de trabalho deverá ficar mais intenso com a recente privatização dos aeroportos do Nordeste e, em especial, dos aeroportos Internacional Presidente Castro Pinto (Grande João Pessoa) e Presidente João Suassuna (Campina Grande) para um grupo espanhol.

Além do novo curso, a parceria vai promover um intercâmbio de informações, de troca de experiências, de conhecimentos técnicos e acadêmicos com a mobilidade de professores para estimular atividades científicas e de gestão na área de Aviação Civil. O termo de cooperação técnica foi assinado pelo diretor FICV, Thiago Dutra, e pelo presidente do Aeroclube da Paraíba, Rogério Lubambo. Durante a assinatura, estiveram ainda presentes o diretor Financeiro da FICV, James Grisi, o diretor Administrativo do Aeroclube, Joacy Araújo, e a diretora Social do Aeroclube, Viviana Targas.

Desenvolvimento científico do Estado - Segundo o diretor da FICV, Thiago Dutra, a parceria com o ACPB é mais uma contribuição da Fundação Cidade Viva na área educacional no Estado da Paraíba e da Capital. “Com a assinatura do termo técnico, a Faculdade Internacional Cidade Viva vai contribuir para o desenvolvimento científico, profissional e social de João Pessoa e do nosso Estado da Paraíba na área da Aviação Civil”, destacou.

“Apesar do avanço da Aviação Civil no curso de sua história, ainda existe uma grande necessidade de incentivos para a sua ampliação, tendo em vista o Brasil ser um país com dimensões continentais. Nesse sentido, torna-se necessário um conjunto de ações que passam pela formação de profissionais qualificados que visam efetivamente à inserção da Paraíba no contexto nacional como um estado produtor de profissionais e de tecnologias na esfera operacional e gerencial da Aviação Civil”, avaliou o diretor Administrativo do ACPB, Joacy Araújo, que também é militar da reserva da Força Aérea Brasileira.

Postar um comentário

0 Comentários