Teste Menu 7

Clique e veja esse anúncio!

quinta-feira, 23 de maio de 2019

CAMPINA GRANDE: Mulher foi morta por negar relações sexuais com suspeito, diz delegado.

Um homem foi preso na manhã desta quinta-feira (23) suspeito de matar a golpes de faca uma mulher de 31 anos na madrugada da segunda (20), no bairro de José Pinheiro, em Campina Grande. Segundo o delegado Luciano Soares, as investigações, até o momento, apontam que a vítima teria negado a ter relações sexuais com o suspeito, e, por isso, foi morta. A prisão ocorreu durante uma ação integrada entre a Polícia Civil e Militar da Paraíba.

Conforme o delegado, a operação ‘Navalha de Sangue’ se desenvolveu a partir de investigações da Delegacia de Homicídios de Campina Grande relacionadas ao crime.
Poliana Nunes Lourenço, de 31 anos, foi morta com oito facadas no pescoço. O delegado informou que a suspeita é de que o criminoso é filho da mulher que alugou o quarto à vítima, onde aconteceu o crime.

Além do suspeito, o pai dele, de 61 anos, também foi detido por porte ilegal de arma. Na ação, uma pistola .40 e munições, além de uma faca, que pode ser a arma do crime, foram apreendidas na casa deles. Os homens foram encaminhados à Central de Polícia de Campina Grande.

Fonte: Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário