Teste Menu 7

Anuncio !

sexta-feira, 5 de abril de 2019

OPINIÃO: João começa bem a gestão, mas anda mal demais com a base.

Passado o primeiro trimestre, até agora, o Governo do Estado não tem na Assembleia Legislativa uma base aliada com um mínimo de segurança suficiente para aprovar as matérias do seu interesse.

Senão, vejamos: se na Assembleia Legislativa do Estado tem 36 deputados, sendo que 14 foram eleitos pela oposição e 9 compõem o chamado bloco dos “independentes”, significa que esta base aliada não passa de 13 parlamentares.


Ainda se pergunta quem são realmente os 13 nomes da inteira confiança do governador João Azevedo, capazes de seguir orientação do palácio em qualquer cenário.

Só no primeiro trimestre, o Governo do Estado já teve a primeira grande demonstração de que não pode confiar na sua base aliada: foi por ocasião da eleição da mesa diretora da Casa de Epitácio Pessoa em que, em uma manobra de deputados governistas e da oposição, barrou-se a eleição do deputado Hervázio Bezerra para o segundo biênio.

Explicando: a ideia inicial e conforme o desejo do Palácio da Redenção, seria o deputado Adriano Galdino eleito para o primeiro biênio da legislatura e, para o segundo biênio, o deputado Hervázio Bezerra.  Ocorre, porém, que o deputado Tião Gomes, que corria por fora com uma terceira candidatura, se dispôs a renunciar a esta pretensão desde que Galdino fosse eleito também para o segundo biênio.

Para ilustrar melhor a fragilidade da base aliada, ontem o deputado João Bosco (PPS) disse que os “independentes” não iriam baixar a cabeça como lagartixa para o governo do estado. Até agora, a matéria que disciplina a junção da EMEPA, EMATER e INTERPA, num único órgão, não tramita com a celeridade que deveria e, se tramitar, corre sério risco de ser barrada.

O governo João Azevedo já começou e bem anunciando grandes investimentos em educação, a construção de um Centro de Convenções em Campina Grande, mas ainda está totalmente vulnerável naquilo que depender do apoio da base aliada.

Fonte: Wellington Farias
PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário