terça-feira, 26 de março de 2019

EM NOTA: Batalhão da Polícia Militar nega instalação de ar-condicionado na cela de Roberto Santiago.

O comando do 1° Batalhão da Polícia Militar emitiu uma nota negando a instalação de um aparelho de ar-condicionado na cela do empresário Roberto Santiago. Mais cedo o deputado estadual Walber Virgolino afirmou que um aparelho de ar-condicionado estava sendo instalado na cela do empresário. 

De acordo com o comando a instalação aconteceu em uma sala que fica em um pavimento superior ao da cela do empresário. 


A nota também diz que tanto a denúncia falsa postada pelo deputado quanto a situação verdadeira estão sendo relatadas aos senhores juiz auditor militar e comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba.

Confira a nota

O comando do 1º Batalhão da Polícia Militar informa que não procede a informação de que foi instalado ar-condicionado na cela do empresário preso nesta unidade, conforme publicou e espalhou o deputado estadual Walber Virgolino.

A única instalação de ar-condicionado feita no 1º Batalhão foi na sala do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), que fica em um pavimento superior ao da cela do preso citado na postagem do deputado.

Alguém viu o carro da empresa de instalação entrando na 
unidade e passou para o deputado que seria para a cela do referido preso, o que não corresponde com a verdade.

Tanto a denúncia falsa postada pelo deputado quanto a situação verdadeira estão sendo relatadas aos senhores juiz auditor militar e comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba.

Importante destacar ao parlamentar de que o comando desta unidade é inteiramente aberto e transparente para esclarecer – sempre que for necessário – a essas e outras denúncias falsas que o deputado recebe de pessoas mal-intencionadas ou mesmo de informantes desinformados, 
evitando assim a propagação de assuntos falsos que maculam a imagem do Batalhão e de seus integrantes.

Fonte: 1º Batalhão da Polícia Militar

Nenhum comentário:

Postar um comentário