2 de fevereiro de 2019

MUDANÇA: Senadores escolhem Alcolumbre para presidência da casa.

O Senado escolheu com 42 votos o democratas Davi Alcolumbre (Dem) como novo presidente da Casa. Foram 77 votos registrados. Nenhum voto branco foi confirmado. 

O novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), eleito neste sábado (2) para comandar a casa nos próximos dois anos, está em seu primeiro mandato como senador.

Aos 41 anos, ele começou a sua carreira política como vereador na cidade de Macapá.
Exerceu o mandato por dois anos (de 2001 a 2003), quando deixou o cargo no meio para assumir seu primeiro mandato como deputado federal.

Reelegeu-se duas vezes para a Câmara dos Deputados, totalizando três mandatos consecutivos. Nas eleições de 2014, foi eleito senador para um mandato de oito anos. Em 2018, concorreu ao governo de Amapá, mas foi derrotado.

Casado e pai de dois filhos, Alcolumbre nasceu em Macapá (AP) em 19 de junho de 1977. É o quarto filho do mecânico José Tobelem e da empresária Julia Alcolumbre.

Ele começou a trabalhar no comércio da família. Iniciou o curso de ciências econômicas no Centro de Ensino Superior do Amapá (Ceap), mas não o concluiu e resolveu seguir o caminho da política.

Alcolumbre é próximo do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), que, nos bastidores, articulava apoio para ele.

Nas eleições de 2018, Davi Alcolumbre declarou, à Justiça Eleitoral, ter R$ 770 mil em bens.

Confira a quantidade de votos que os seis candidatos obtiveram:

Renan Calheiros, 5 votos; Angelo Coronel, 8 votos; Reguffe, 6 votos, Fernando Collor, 3 votos, Esperidião Amin, 13 votos; Davi Alcolumbre, 42 votos.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário