16 de outubro de 2018

DECISÃO: Leto Viana renuncia ao cargo de prefeito de Cabedelo.

O prefeito de Cabedelo, Leto Viana, renunciou ao cargo nesta terça-feira (16). O advogado de defesa, Jovelino Delgado, foi à Câmara Municipal para que o pedido de renúncia de Wellington Viana França fosse protocolado.

Leto negou ser culpado das acusações que lhe atribuem no processo da Operação Xeque-Mate, da Polícia Federal. Ele foi preso no dia 3 de abril deste ano pela PF, na ação que investiga esquema de corrupção envolvendo prefeito, vice, vereadores e servidores.


O vice-prefeito Flávio Oliveira morreu no dia 15 de julho deste ano, vítima de insuficiência cardiorrespiratória. Ele havia sido apenas afastado do cargo enquanto era investigado.

Com isso, a Justiça Eleitoral deve organizar as novas eleições de Cabedelo em até 90 dias. “O destino de Cabedelo está na mão da população novamente”, afirmou o advogado Jovelino Delgado.

Como Leto perde a prerrogativa de foro com a renúncia , o processo dele sai do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e vai para a justiça de primeiro grau de Cabedelo.

Leto Viana está preso no 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) por ter curso superior. Entre as investigações que pesam contra o prefeito que renunciou está a de compra do mandato do eleito em 2012, Luceninha, por R$ 5 milhões.

Veja na íntegra o documento de renúncia do prefeito de Cabedelo, Leto Viana

Fonte: ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário